Seguro de Vida x Previdência Privada: qual escolher?

Seguro de Vida x Previdência Privada: qual escolher? Este artigo te ajuda a entender a diferença entre esses dois modelos de investimentos.

Se você conhece ou já ouviu falar do seguro resgatável (que forma uma reserva financeira ao longo dos anos e oferece a possibilidade de recuperar até 100% do valor investido), possivelmente já se perguntou: seguro de vida x previdência privada: qual escolher?

Ambos possuem a função de garantir segurança financeira, porém apesar de algumas semelhanças, esses produtos possuem intuitos e finalidades diferentes. Mas, antes de te ajudar a decidir, te convido a fazer uma analogia:

Provavelmente, você conhece a história da “galinha dos ovos de ouro”. Pois bem, imagine que você fosse o dono dessa galinha, e que, em média, a cada 10 ovos separasse 2 ou 3 para seu futuro, pois, sabe que essa galinha é única, e  tem uma expectativa de vida de 10 anos.

Tudo vai indo bem, até que um dia você acorda, vai ao galinheiro conferir o saldo de ovos do dia, e vem a surpresa: você não tem mais a galinha, e ela viveu muito menos do que esperava!

Se você chegou até aqui e já entendeu que seus ovos de ouro dependem de uma imprevisibilidade totalmente previsível, já imagina a resposta sobre qual produto escolher…

Seguro de Vida x Previdência Privada: fatos e comparações:

  • 1. O seguro de vida garante segurança financeira caso a vida acabe antes do esperado, ou caso você deixe de gerar renda, saindo da posição de provedor para dependente, e a previdência privada, caso a vida seja tão ou mais longa do que o esperado.
  • 2. Ao contratar um seguro de vida, desde o primeiro dia de sua vigência o beneficiário pode contar com um capital segurado tanto em caso de morte como em casos de doenças, invalidez, internações, UTI etc.
  • 3. A previdência forma um montante ao longo dos anos, que graças à rentabilidade, gestão e escolha de bons fundos, garantirá a você bons rendimentos no futuro. Caso deixe de contribuir por alguma eventualidade você terá apenas a reserva que construiu.
  • 4. O seguro de vida é isento de imposto de renda, mas a previdência privada, não, embora conte com incentivos tributários.
  • 5. O seguro de vida é impenhorável, já a previdência privada pode ser penhorada caso o titular sofra um processo e tenha seus bens sujeitos à execução.
  • 6. A indenização do seguro de vida não está sujeita à cobrança de ITCMD (que é aquele imposto sobre transmissão “causa mortis” e doação), devido a seu recebimento ocorrer apenas após a morte do segurado, e o inventário feito a partir do patrimônio em vida, mas os recursos da previdência privada podem ser tributados por se enquadrar em  bens recebidos por herança.
  • 7. A formação de reserva do seguro resgatável apesar da correção pelo IPCA tem uma rentabilidade pequena variável em torno de 3%a.a. Já a previdência privada com acúmulo e aportes rentabilizados no longo prazo proporcionará rendimentos mais significativos.
  • 8. Apesar da isenção de Imposto de Renda, no seguro de vida, durante as contribuições e no pagamento de indenização, caso o segurado opte por resgatar o valor de reserva para utilizar em vida, ele terá a dedução do IR  apenas sobre o rendimento, assim como no VGBL.

Seguro de Vida x Previdência Privada: qual escolher?

Investir em um plano de previdência é acreditar que vamos viver o suficiente para usufruir desse benefício.  Porém, imprevistos acontecem, e o seguro de vida serve para cobrir essa lacuna de renda que você ainda não construiu. 

Seja ela em caso de indenização para proteção de sua família e dependentes, ou até mesmo eventualidades que você possa ter em vida, como por exemplo uma doença grave ou invalidez, que podem te impedir de gerar renda e até mesmo deixar de contribuir com a previdência, ou ainda pior consumir aquela reserva que você vem formando para sua aposentadoria.

Como fazer um seguro de vida e previdência privada

Quando o assunto é seguro de vida x previdência, é importante destacar: um produto não substitui o outro, eles se complementam! E a combinação desses dois produtos possui diversas vantagens.

Existem no mercado, por exemplo, seguros de vida com modalidade decrescente, que oferecem uma maior proteção no início, exatamente quando sua reserva de previdência ainda não é suficiente para garantir tranquilidade e te proteger financeiramente.

Por isso, te convido a entender melhor como combinar o seguro de vida e a previdência privada dentro de seu planejamento financeiro, e equilibrar a relação entre esses dois produtos.  

Na Sacre, temos parceria com as mais sólidas e reconhecidas seguradoras do mercado e podemos te ajudar a elaborar uma estratégia de plano de previdência e seguro na medida das suas necessidades. Aproveite, e se inscreva, no formulário abaixo, e conheça os 5 principais erros na previdência.

Artigos relacionados:

Kit Gratuito de Planilhas

Para te ajudar a organizar, controlar, analisar e decidir pelas melhores oportunidades de investimentos, acesse gratuitamente um kit com 4 planilhas exclusivas.

Leia mais »