Conheça os investimentos atrelados à Inflação

Conheça os investimentos atrelados à Inflação
Os investimentos atrelados à Inflação possibilitam ao investidor manter seu poder de compra e diversificar sua carteira.

Você já parou para pensar que até o investimento mais conservador pode ter ganhos negativos? Isso acontece quando o ganho nominal é menor do que a inflação.

Proteger o seu portfólio e considerar a variação da inflação é muito importante. Por isso, hoje vamos falar sobre os investimentos atrelados à inflação.

O peso da inflação nos investimentos

Desde 2021, o tema inflação ganhou destaque. Não apenas no Brasil, mas em nível global e, em alguns países desenvolvidos, já é registrada a maior inflação das últimas décadas.

Mas, por que isso aconteceu? Primeiro, a pandemia da Covid-19 levou os bancos centrais do mundo inteiro, inclusive do Brasil, a baixarem os juros. Segundo, eles inundaram o mercado de recursos.

Sendo assim, essa medida visava conter os efeitos perversos de uma economia praticamente paralisada pelo distanciamento social.

A retomada da atividade em tais níveis de estímulo, em conjunto com a quebra das cadeias logísticas (retomada lenta após uma parada brusca) levou a uma disparada da inflação, que o Brasil sofreu duramente. 

Então, o Banco Central se antecipou aos BCs (bancos centrais) internacionais no aperto monetário.

Após isso, veio a invasão da Rússia à Ucrânia pesou muito sobre os preços em geral, sobretudo das commodities.

Neste cenário, e conforme analistas de mercado, é provável que a inflação brasileira em 2022 seja, de fato, menor que a do ano passado, mas ela ainda deve permanecer alta. 

IPCA acumulado em 12 meses
Fonte: IBGE e BTG Pactual.

O gráfico acima mostra o IPCA acumulado dos últimos 12 meses (11,73% – maio 2022) e a projeção atual do BTG Pactual para o fechamento de IPCA de 2022 e 2023. Por fim, uma tabela do IPCA acumulado nos últimos 10 anos:

IPCA acumulado dos últimos 10 anosTaxa (%)
202110,06
20204,52
20194,31
20183,75
20172,95
20166,26
201510,67
20146,41
20135,91
20125,84

A inflação e o poder de compra

Existem várias opções de títulos de renda fixa que tem sua remuneração atrelada à inflação (IPCA). Mas, como funciona a precificação dos investimentos atrelados à Inflação?

Para entender essas questões, vamos começar explicando como esses títulos são formados.

Quais são os componentes da remuneração?

São a soma da inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), e uma taxa pré-fixada, que é conhecida por juro real.

Como entender a forma de remuneração desses títulos?

O retorno desses ativos pode ser impactado por dois fatores. Primeiro, pela remuneração contratada, um título IPCA + 6% a.a., por exemplo. Segundo, pela marcação a mercado (em alguns casos).

O título entrega a variação do IPCA + a taxa contratada. Alguns ativos poderão pagar o rendimento da taxa pré-fixada semestralmente, anualmente etc.

Caso você carregue o papel até o vencimento, esse será o retorno obtido pelo investimento. Nesse caso, você sabe exatamente qual será seu ganho real (além da inflação).

ebook Assessoria de Investimentos

Vantagens dos investimentos atrelados à inflação

Para responder a esta pergunta, listamos não apenas uma vantagem, mas uma lista delas. Veja a seguir quais as vantagens dos investimentos atrelados à inflação.

  • Proteção patrimonial;
  • Ganho real, ou seja, ganho corrigido pela inflação;
  • Isenção de IR para alguns papéis incentivados no mercado, como as debêntures incentivadas para PF;
  • Spread de crédito, ou seja, prêmio de risco em títulos de emissão privada;
  • Possibilidade de ágio no resgate antecipado, conforme marcação a mercado, no caso de Tesouro IPCA e Crédito Privado que possuem liquidez;
  • Diversificação do portfólio;

Ativos atrelados à Inflação

Vamos elencar os principais ativos de renda fixa que são atrelados ao IPCA.

Títulos públicos – Tesouro IPCA+

Esses títulos de Renda Fixa são emitidos e garantidos pelo Governo Federal. O Tesouro IPCA+, também conhecido como NTN-B, paga uma taxa prefixada, definida no ato do investimento, mais a variação da inflação medida pelo IPCA, o índice de preços oficial.

Segundo assim, o Tesouro IPCA+ garante uma rentabilidade acima da inflação até o vencimento.

Títulos de Renda Fixa emitidos por bancos, como CDB, LCI e LCA

Títulos como CDB, LCI e LCA, emitidos por instituições financeiras, podem ter sua remuneração atrelada à inflação, assim como ocorre com o Tesouro IPCA+. 

Esses títulos costumam pagar mais do que as NTN-Bs de prazos equivalentes e contam com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), a mesma garantia da Poupança, o que lhes confere baixo risco de crédito.

Porém, diferentemente das NTN-Bs, esses papéis não costumam ter liquidez diária, devendo ser levados até o vencimento. A vantagem é que há uma variedade maior de prazos curtos.

Crédito Privado, como Debêntures, CRI e CRA

São títulos de Renda Fixa emitidos por empresas. Ou seja, títulos de dívidas que oferecem direito de crédito ao investidor. 

Debêntures incentivadas, por exemplo, são para financiar projetos de infraestrutura. CRIs são créditos concedidos para financiamento de projetos imobiliários. CRA para financiamento de projetos de agronegócio.

Por fim, é bom mencionar que a maior parte desses títulos são indexados ao IPCA.

Sugestão do editor:

O que é LCI e LCA? Saiba como investir
O que é CDB e como investir em Certificado de Depósito Bancário

Como investir?

Na plataforma do BTG Pactual, há uma grande variedade de títulos para investimentos atrelados à inflação. 

Quer saber como eles fazem sentido para a sua carteira? Então, fale com seu assessor de investimentos e, caso ainda não tenha, abra sua conta na Sacre.

Share:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Most Popular

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.

Categories

On Key

Related Posts

Curso Start – Os primeiros passos nos Investimentos

O Start é um curso para quem busca dar os primeiros passos no mundo dos investimentos. Aqui o futuro investidor, encontrará as respostas certas para as suas dúvidas, e sentir segurança para começar a colocar o dinheiro trabalhar.