Alta na Selic favorece Renda Fixa e derruba a Poupança

A alta na Selic, a taxa básica de juros do Brasil, beneficia diretamente investimentos de Renda Fixa e derruba o rendimento da poupança.

O Copom (Comitê de Política Monetária) subiu a taxa Selic para 10,75% ao ano. A decisão influencia diretamente o rendimento da Poupança, e deixa mais atrativo o investimento em produtos de Renda Fixa

Saiba por que a taxa básica de juros, a taxa Selic, subiu para 10,75%, como essa alta influencia o desempenho da Poupança e quais caminhos o investidor pode tomar para melhorar seus investimentos em 2022.

A decisão do Copom, órgão ligado ao Banco Central do Brasil, foi divulgada na primeira reunião de 2022, realizada dia 2 de fevereiro. O Copom aumentou a Selic em 1,50 pontos percentuais para 10,75% a.a.. No final de 2021, a taxa estava em 9,25% a.a. (ver imagem abaixo).

Em 2021, a taxa Selic subiu de 2%, em janeiro, para 9,25%, em dezembro. Créditos: @sacreinvestimentos

Por que a taxa Selic subiu para 10,75%?

De acordo com o Banco Central, a taxa Selic é o principal instrumento de política monetária para controlar a inflação. Ou seja, quando a inflação está alta, a Selic tende a subir. Mas, por quê?

Acontece que os bancos usam produtos atrelados à Selic para captar dinheiro no mercado financeiro por meio de seus títulos. Quando o Copom aumenta a taxa de juros, o custo de captação também aumenta. E a inflação?

Um movimento está ligado ao outro: quando a inflação sobe, a Selic sobe, os bancos pagam mais caro para captar recursos e, consequentemente, aumentam as taxas de financiamentos, empréstimos e crédito no geral.

O consumidor percebe essa alta nos juros, e para de tomar crédito e de consumir. Com a queda na demanda, os preços tendem a cair, juntamente com a inflação.

Por que a alta na Selic influencia a Poupança?

A alta na Selic influencia o rendimento da Poupança devido ao modelo de remuneração vigente desde 2012. Funciona assim: se a Selic estiver em até 8,5% ao ano, o rendimento é limitado a 70% dos juros básicos mais a Taxa Referencial

No cenário atual, com a Selic a 10,75% ao ano, o rendimento é travado em 0,50% ao mês, ou 6,19% ao ano (considerando juros compostos). Observe como essa queda na rentabilidade afeta um investimento aplicado na Poupança se comparado à aplicação no Tesouro Selic, por exemplo:

O Copom (Comitê de Política Monetária) subiu a taxa Selic para 10,75% ao ano. A decisão influencia diretamente o rendimento da Poupança, e deixa mais atrativo o investimento em produtos de Renda Fixa.
Créditos: Sacre Investimentos.

Alta na Selic: como investir melhor em 2022 e fugir da Poupança

O Head de Investimentos da Sacre, Rafael Martineli, explica que, diante de um cenário de juros altos e baixa rentabilidade na Poupança, o investidor pode olhar para a Renda Fixa em 2022. 

“Existem excelentes produtos na Renda Fixa, tão seguros quanto a Poupança, mas com rendimentos muito mais atrativos disponíveis a todos. Mas, é muito importante buscar informações com um assessor e entender esses produtos”, ressalta.

Fonte: https://www.bcb.gov.br/controleinflacao/taxaselic

Share:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Most Popular

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.

Categories

On Key

Related Posts

Curso Start – Os primeiros passos nos Investimentos

O Start é um curso para quem busca dar os primeiros passos no mundo dos investimentos. Aqui o futuro investidor, encontrará as respostas certas para as suas dúvidas, e sentir segurança para começar a colocar o dinheiro trabalhar.