Ibovespa volta a cair em semana com novo corte na Selic

Ibovespa volta a cair em semana com novo corte na Selic, e fecha janeiro com -4,79% de queda. Nos EUA , taxa de juros e Payroll são destaques.

A semana que encerrou janeiro foi cheia de dados importantes, mas sem muitas surpresas. Então, confira alguns destaques neste artigo!

Aqui no Brasil, o Ibovespa volta a cair após a recuperação anterior, em partes, pressionado pelos dados da “super quarta”.

Em resumo, na quarta (31/jan), o Copom (Comitê de Política Monetária) reduziu a taxa Selic para 11,25%, o que já era esperado.

Especialistas do BTG Pactual projetam, ainda para 2024, mais quatro cortes na taxa básica de juros, sendo três cortes de 0,50 ponto percentual e um corte de 0,25 ponto percentual.

Assim, na projeção dos especialistas, a taxa Selic deve encerrar 2024 a 9,50% ao ano.

No Instagram da Sacre, você recebe conteúdos exclusivos e diários sobre o mercado financeiro. Conheça agora!

Conte para todo mundo que a Sacre tem atendimento 5 estrelas! Avalie a Sacre Investimentos no Google Meu Negócio.

Ibovespa volta a cair e fecha janeiro com -4,79% de queda

O Ibovespa caiu -1,38% na semana passada e fechou cotado aos 127.182 pontos. Em janeiro, o principal índice brasileiro acumulou -4,79% de baixa.

Segundo especialistas do BTG Pactual, o Ibovespa foi pressionado pela baixa do minério de ferro, com queda de 2,03% das ações da Vale (VALE3).

Outro fator foram os dados de juros do exterior e do Brasil divulgados na “super quarta”, que resultou na abertura da curva de juros.

IFIX – Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários

Em seguida, o IFIX: o Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários fechou estável aos 3.332 pontos com +0,04% de variação semanal.

Assim, em 2024, o IFIX ainda opera positivo acumulando +0,57% de valorização.

Internacional: “super quarta” impulsiona mercados

A “super-quarta” entregou o que o mercado já precificava lá nos Estados Unidos: o Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto), órgão ligado ao FED, ao banco central americano, manteve a taxa de juros entre 5,25 e 5,50.

Na coletiva de imprensa, o presidente do FED, Jerome Powell, disse que não acha provável que o comitê atinja um nível de confiança na reunião de março para iniciar o tão esperado corte de juros.

Também sobre juros, na quinta (1/fev), o Banco Central da Inglaterra manteve as taxas de juros a 5,25%, o patamar recorde.

Por fim, outro dado importante: na sexta (2/fev), foi divuglado o Payroll de janeiro, que apontou a criação de 353 mil vagas de trabalho nos EUA, bem acima do esperado.

Especialistas do BTG Pactual ressaltaram que o Payroll de janeiro saiu na direção de uma economia forte, com um mercado de trabalho resiliente.

Neste cenário, os principais índices americanos de ações fecharam a semana positivos, intensificando altas anteriores.

Por fim, o dólar (USDBRL) intensificou a valorização ante o real, fechando com 1,09% de alta a R$ 4,97.

Fechamento semanal dos principais índices americanos:

Nasdaq+1,12% | S&P 500+1,38% | Dow Jones+1,43%

BDRX – Principais BDRs negociados na B3

BDRX (índice que mede o desempenho dos principais BDRs negociados na B3) subiu 2,94% na última semana superando a barreira dos 15 mil pontos. Assim, no ano, o BDRX sobe 7,66%.

Renda Fixa: curva local de juros futuros valoriza

O mercado local de juros futuros registrou alta nos principais vértices da curva na semana anterior, com o DI com vencimento em janeiro de 2025 subindo +0,28%, por exemplo.

Dados do Payroll americano, além do corte de juros no Brasil, influenciaram esse movimento da curva de juros, segundo especialistas.

Abaixo, as cotações nos juros DI:

  • DI Jan/250,28% | 9,985%
  • DI Jan/270,80% | 9,865%
  • DI Jan/290,74% | 10,300%
  • DI Jan/310,65% | 10,55%

(Fonte: br.tradingview.com | consulta 05/02/2024 às 8h ( GMT-3 )

SACRE DIGITAL – conteúdos exclusivos aqui do blog da Sacre:

Ouviu, Investiu! – especialistas da Sacre falam sobre o mercado de crédito de carbono:

Agenda da Semana: 5 a 9 de fevereiro de 2024

A divulgação da Ata do Copom, na terça (6), e o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de janeiro, na quinta (8), são destaques da agenda econômica local desta semana.

Então, confira outros destaques abaixo:

Artigos relacionados:

Kit Gratuito de Planilhas

Para te ajudar a organizar, controlar, analisar e decidir pelas melhores oportunidades de investimentos, acesse gratuitamente um kit com 4 planilhas exclusivas.

Leia mais »