Ibovespa caiu pela terceira semana seguida; dólar e juros sobem

O Ibovespa caiu pela terceira semana seguida em semana marcada por uma redução do apetite global a risco; dólar subiu.

O Ibovespa caiu pela terceira semana seguida e fechou abaixo dos 128 mil pontos, acumulando quase 5% de queda em janeiro.

Em resumo, a semana anterior foi marcada por uma redução do apetite global a risco. Então, confira alguns destaques neste artigo.

Em primeiro lugar, o exterior: na terça-feira (16/01), o diretor do Fed (banco central americano), Christopher Waller, afirmou que o FOMC (Comitê Federal de Mercado Aberto, na sigla em inglês) pode cortar taxas neste ano, mas com cautela e sem pressa.

Na quarta (17/01), saiu dados de vendas no varejo e produção industrial de dezembro, que vieram acima do esperado pelo mercado.

Em segundo lugar, a presidente do banco central europeu Christine Lagarde, disse que as apostas agressivas em cortes de juros não ajudam na batalha para controlar a inflação.

Mas, mesmo com todo esse contexto, papéis de tecnologia levaram a uma valorização dos índices acionários nos EUA (ler mais abaixo).

Aqui no Brasil, o destaque por aqui ficou com o IBC-BR de novembro, divulgado na sexta (19/01): o proxy do PIB (Produto Interno Bruto) ficou estável em novembro ante outubro, melhor do que o esperado pelo mercado, de queda de 0,2% m/m.

Por fim, o mercado de câmbio: o dólar (USDBRL) fechou a semana anterior cotado a R$ 4,93 com 1,57% de valorização semanal ante o real.

No Instagram da Sacre, você recebe conteúdos exclusivos e diários sobre o mercado financeiro. Conheça agora!

Conte para todo mundo que a Sacre tem atendimento 5 estrelas! Avalie a Sacre Investimentos no Google Meu Negócio.

O Ibovespa caiu pela terceira semana seguida

O Ibovespa caiu -2,56% na semana passada e fechou cotado aos 127.635 pontos, na contramão dos índices americanos.

Especialistas do BTG Pactual ressaltam o menor apetite a risco por parte dos investidores estrangeiros como fator para a queda da bolsa local.

Neste início de segunda-feira (22/01), o índice brasileiro opera estável aos 127.696 pontos com 0,05% de variação (às 10h50).

IFIX – Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários

Em seguida, o IFIX: o Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários seguiu superando máximas e fechou aos 3.340 pontos com +0,43% de variação semanal.

Assim, em 2024, o IFIX opera positivo acumulando +0,79% de valorização.

Internacional: bolsas sobem nos EUA E Europa

Após semana com dados de vendas no varejo surpreendendo para cima, refletindo assim a resiliência da economia norte-americana, o mercado estará atento à divulgação do PIB referente ao quarto trimestre, nesta quinta (25/01).

Apesar do mercado ter diminuído suas apostas sobre a probabilidade do Fed cortar juros em março, o S&P conseguiu fechar a semana em alta.

Os especialistas destacam que esse movimento foi impulsionado pelo setor de tecnologia, que segue otimista com temas relacionados à inteligência artificial.

Em resumo, a semana passada foi de alta nos principais índices de ações dos EUA, com S&P500 e Dow Jones rompendo máximas históricas, queda na Europa e fechamentos mistos na Ásia.

Fechamento semanal dos principais índices americanos:

Nasdaq+2,26% | S&P 500+1,17% | Dow Jones+0,72%

BDRX – Principais BDRs negociados na B3

BDRX (índice que mede o desempenho dos principais BDRs negociados na B3) intensificou a alta anterior e, assim, fechou aos 14.542 pontos com +3,29% de alta semanal.

Renda Fixa: curva local opera altas

A curva de juros nos EUA apresentou abertura em seus principais vértices na semana passada.

Assim, as falas do Waller foram importantes para ajudar o Fed a dar um push back no mercado, que agora está menos confiante sobre o início dos cortes de juros em
março, ressaltam os especialistas do BTG Pactual (leia mais).

Na parte local, os DIs futuros acompanharam a tendência do mercado externo, em semana na qual os dados de Serviços vieram em linha com o esperado.

Abaixo, as cotações nos juros DI:

  • DI Jan/25+0,45% | 10,060%
  • DI Jan/27+1,31% | 9,795%
  • DI Jan/29+1,63% | 10,205%
  • DI Jan/31+1,67% | 10,45%

(Fonte: br.tradingview.com | consulta 22/01/2024 às 9h ( GMT-3 )

SACRE DIGITAL – conteúdos exclusivos aqui do blog da Sacre:

Ouviu, Investiu! – especialistas da Sacre falam sobre o mercado de crédito de carbono:

Agenda da Semana: 22 a 26 de janeiro de 2024

A divulgação do IPCA-15, na sexta-feira (22), é destaque da agenda econômica local nesta semana. Então, confira outros destaques abaixo:

Artigos relacionados:

Kit Gratuito de Planilhas

Para te ajudar a organizar, controlar, analisar e decidir pelas melhores oportunidades de investimentos, acesse gratuitamente um kit com 4 planilhas exclusivas.

Leia mais »