Bolsas globais registram baixas enquanto dólar sobe

Em semana marcada por dados de inflação ao consumidor, bolsas globais registraram quedas enquanto do dólar sobe.

Em semana marcada por dados de inflação ao consumidor, bolsas globais registraram quedas, o Ibovespa caiu, enquanto do dólar subiu.

Aqui no Brasil, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de julho divulgado na sexta (11) foi o destaque da semana.

O IPCA de julho avançou 0,12% no mês, alcançando alta de 0,20 ponto percentual ante junho. No mês passado, o IPCA registrou uma deflação de -0,08%.

Assim, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo acumula alta de 2,99% em 2023 e, nos últimos 12 meses, alta de 3,99%.

Outro ponto de atenção na semana: no Boletim Focus, divulgado segunda (7), o mercado reduziu a expectativa para a Selic no fim de 2023 de 12,00% para 11,75% e, em 2024, de 9,25% para 9,00%.

Em tempo, no início do mês o Copom reduziu a taxa Selic a 13,25% ao ano e, assim, deu início ao início do ciclo de cortes nos juros.

Aprenda a investir com um eBook exclusivo da Sacre! Descubra seu perfil de investir, e aprenda a investir com segurança:

Ibovespa: bolsas globais registram baixas

Por aqui, o Ibovespa intensificou a baixa da semana anterior e fechou o pregão de sexta (11) aos 118.065 pontos com -1,21% de queda semanal.

A saber, foi o nono pregão consecutivo de desvalorização do principal índice de ações do país.

Todavia, segundo especialistas do BTG Pactual, a saída de fluxo estrangeiro está entre os motivos para a baixa do Ibovespa.

Em agosto, até o dia 9, o saldo líquido está negativo em R$ 6,3 bilhões, segundo dados da B3.

Bolsas globais registram baixas, e Ibovespa também cai.

IFIX – Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários

O IFIX (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários) fechou a semana anterior aos 3.220 pontos com +0,13% de variação.

Assim, o IFIX opera positivo no ano de 2023, acumulando +12,57% de alta.

Fechamento Semanal IFIX 11 de Agosto de 2023

Internacional:

O índice de inflação ao consumidor dos Estados Unidos de julho, divulgado na quinta-feira (10), foi o destaque do exterior semana passada.

O CPI avançou 0,17% no mês, uma surpresa baixista, visto que o mercado projetava uma alta de 0,23%.

Para especialistas do BTG Pactual, o resultado do CPI reduz significativamente o apetite por nova alta dos juros pelo FOMC em setembro.

Os especialistas ressaltam que a curva precifica apenas 9,5% de probabilidade de alta de juros em setembro e 28% em novembro, com 63% de chance da taxa encerrar o ano no patamar atual – ou seja, o ciclo de alta já teria sido encerrado.

Ainda no exterior, a semana foi de fechamentos mistos nas principais bolsas dos EUA, estabilidade na Europa, mas, baixas na Ásia, sobretudo na China.

Por outro lado, o dólar futuro (DOLFUT) registrou nova semana de alta. A moeda americana valorizou 0,51% ante o real e fechou cotada a R$ 4,92.

Fechamento semanal dos principais índices americanos:

Nasdaq: -1,90% | S&P 500: -0,31% | Dow Jones: +0,62%

Commodities: grãos intensificam quedas

O Petróleo Brent (referência para a Petrobras) negociado em Moscou fechou a 87,05 dólares o barril, com +0,83% de alta semanal.

Em contraste com o Petróleo, a semana anterior foi de baixas nas principais commodities agrícolas, com destaque para o contrato de soja. Veja:

    Petróleo Brent: +0,83% | U$ 87,05

  Soja: -3,59% | U$ 29,48

  Café: -1,67% | U$ 191,30

  Milho: -2,35% | R$ 53,65

Criptos: Bitcoin e Ethereum fecham estáveis

Em resumo, a semana anterior foi de estabilidade para o Bitcoin e o Ethereum no exterior, e para o HASH11 aqui no Brasil. 

  Bitcoin: +0,32% | U$ 29.585

 Ethereum: +0,60% | U$ 1.839

   HASH11: +1,24% | R$ 23,73

BDRX – Principais BDRs negociados na B3

O BDRX (índice que mede o desempenho dos principais BDRs negociados na B3) fechou a semana aos 13.013 pontos e -0,29% de baixa semanal.

Com isso, o BDRX opera +15,73% de alta em 2023.

Fechamento Semanal BDRX 11 de Agosto de 2023

Renda Fixa: Copom e IPCA influenciam desempenho dos DI's

Por fim, o mercado local de juros futuros registrou novas quedas nos vértices curtos e médios da curva e certa estabilidade nos vértices mais longos.

O DI futuro de janeiro de 2024 fechou cotado a 12,425% com 0,35% de baixa semanal. Já o vencimento de janeiro de 2030 é cotado a 10,72% com 0,28 de alta semanal.

Para especialistas do mercado, dados relacionados à Ata do Copom e o IPCA de julho influenciaram no desempenho dos DI’,s futuros.

Abaixo, as cotações nos juros DI:

  • DI Jan/24: -0,35% | 12,425%
  • DI Jan/26: -1,25% | 9,815%
  • DI Jan/28: -0,56% | 10,305%
  • DI Jan/30: +0,28% | 10,72%

(Fonte: br.tradingview.com | consulta 13/08/2023 às 20h ( GMT-3 )

SACRE START WEEK – fechamento semanal dos mercados com os especialistas da Sacre.

Agenda da Semana: 14 a 18 de agosto

A divulgação da Ata da Reunião do Fomc é destaque na agenda econômica desta semana nos EUA.

Confira outros destaques da agenda econômica da semana abaixo:

Agenda Economica Semanal de 14 a 18 de agosto de 2023
Angelo Miloch

Angelo Miloch

Jornalista com mais de 10 anos de experiência em produção de conteúdo. Analista de Comunicação na Sacre Investimentos.

Artigos relacionados:

Kit Gratuito de Planilhas

Para te ajudar a organizar, controlar, analisar e decidir pelas melhores oportunidades de investimentos, acesse gratuitamente um kit com 4 planilhas exclusivas.

Leia mais »