Quem está ligado em nosso blog, já sabe que a Previdência Privada é muito mais que um investimento para um futuro tranquilo. É um ativo com diversos benefícios (e vamos falar de todos eles ainda!).

Para escolher o plano ideal, levamos em consideração alguns critérios, que são particulares de cada investidor. Então agora vamos falar mais um pouco sobre Previdência Privada: PGBL ou VGBL, qual a modalidade ideal?

A escolha da modalidade correta possibilita a utilização do máximo de benefício que seu plano pode oferecer. O inverso também é verdadeiro, ou seja, a escolha da modalidade que não se enquadra em seu perfil, pode trazer custos desnecessários, mas aqui você vai ficar craque e não vai cair em cilada!

Ao fazer uma previdência privada, temos duas opções no momento da contratação: o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). Continue lendo para saber a diferença entre PGBL e VGBL.

Leia também: Previdência Privada: o longo prazo de sombra e água fresca

Previdência Privada PGBL o que é

Começando pela modalidade PGBL, saiba neste artigo algumas características desta modalidade:

  • Indicado para quem quer investir até 12% da renda bruta anual tributável;
  • Ideal para quem faz a declaração completa de IR;
  • Possibilidade de abatimento de 12% da renda anual tributável: Exemplo: Considere uma pessoa com uma renda tributável anual de R$ 100.000,00, pode-se utilizar até R$ 12.000,00 para abater na renda tributável. Nesse caso, a incidência de imposto será sobre R$ 88.000,00!
  • IR incide sobre o valor total resgatado;

Se você não possui renda tributável, leu essas opções e viu que algumas delas não condizem com sua situação atual, essa modalidade não se encaixa em seu perfil. Para isso temos outra opção.

Previdência Privada VGBL o que é

Agora, vamos entender algumas características da modalidade VGBL da previdência privada:

  • Indicado para quem quer investir mais que 12% da renda bruta anual tributável;
  • Indicado para quem não possui renda tributável;
  • Não há limites de investimento;
  • IR incide sobre o rendimento, no momento do resgate;

Previdência Privada PGBL ou VGBL: entenda a diferença

Na tabela a seguir, trago um resumo das principais diferenças entre as modalidades PGBL e VGBL da Previdência Privada. Com essas informações é possível saber qual o melhor plano para você!

Previdência Privada PGBL ou VGBL: entenda a diferença

PGBL ou VGBL: qual plano de previdência escolher

Agora, vamos pensar o seguinte: um investidor quer utilizar do benefício de abatimento dos 12% no imposto de renda. Porém, ao fazer um planejamento de aposentadoria (aqui temos ferramentas para te auxiliar com esse cálculo!), ele observa que somente os 12% a serem contribuídos não são suficientes para atingir a renda esperada na aposentadoria. O que podemos fazer nesse caso?

Como o imposto de renda incide sobre o valor total investido em planos PGBL, o cliente deve investir, no máximo, os 12% que ele pode utilizar como benefício de abatimento na base tributável.

Qualquer valor acima dos 12% deve ser contribuído em um plano VGBL, onde o investidor é tributado somente sobre o rendimento de seu plano. Neste caso, ele terá uma parcela de seus investimentos em previdência no PGBL e outra parte no VGBL.

Mas, é possível ter duas carteiras de previdência? Ter as duas modalidades é possível, e é uma excelente estratégia para maximizar os benefícios de cada uma!

Previdência privada: como funciona a tabela do imposto

Agora, você já sabe os benefícios e qual o plano ideal para atingir seus objetivos com a previdência privada! Mas, não é somente a modalidade que trará benefícios! A escolha da tabela de imposto é extremamente importante também!

Então, fiquem ligados que, no próximo artigo, falo sobre as diferentes formas de tributação disponíveis dos planos de previdência privada! Entre em contato pelo formulário abaixo e planeje hoje mesmo sua previdência com a Sacre. Até mais!