Quem nunca sentiu vontade de comprar algum produto influenciado por anúncios encantadores, estratégias de marketing que encantam aos olhos? 

Olá, meu nome é Rafaela Custódio, sou assessora de investimentos da Sacre e, hoje, inicio uma série de artigos sobre educação financeira. Boa leitura!

Resumo:
O que é consumo consciente?
Como praticar o consumo consciente
Conscientizar para investir

O que é consumo consciente?

Antes de falar sobre as boas práticas do consumo consciente, vamos abordar as características do consumismo.

Então, consumismo nada mais é do que o ato de comprar produtos e/ou serviços sem a real necessidade e sem que se perceba seus impactos financeiros e sociais.

Para entender o que é consumo consciente, o primeiro passo é perceber que a utilização de toda e qualquer coisa, seja um produto ou serviço, traz consigo consequências positivas e negativas. 

O ato de consumir afeta não apenas quem faz a compra, mas também o meio ambiente, a economia e a sociedade como um todo. 

Por isso, é tão importante refletir sobre os nossos hábitos de consumo, estar atento à real necessidade do que consumimos e aos possíveis impactos que uma compra pode causar.

ebook Assessoria de Investimentos

Como praticar o consumo consciente

Combater o consumismo é o primeiro passo para quem pretende começar a investir. Por isso, te convido a refletir sobre alguns princípios do consumidor consciente:

  1. Avalie os impactos de seu consumo: leve em consideração o meio ambiente e a sociedade em suas escolhas;
  2. Consuma apenas o necessário: sendo assim, reflita sobre suas reais necessidades e procure viver com menos;
  3. Reutilize produtos e embalagens: não compre outra vez o que você pode consertar, transformar ou reutilizar;
  4. Separe seu lixo: recicle e contribua com a economia de recursos naturais;
  5. Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas: em suas escolhas, valorize empresas que se preocupam com a sociedade e o meio ambiente, por exemplo, são as empresas classificadas como ESG (Ambiental, Social e Governança), as quais adotam melhores práticas ambientais, sociais e administrativas;
  6. Não compre produtos falsificados ou contrabandeados: assim, você prioriza o comércio legalizado;
  7. Divulgue boas práticas: sensibilize outros consumidores e dissemine a cultura e valores do consumo consciente;
  8. Reflita sobre seus valores: sendo assim, avalie sempre suas escolhas e seus hábitos de consumo;

Sugestão do editor:
Finanças Comportamentais: somos tão racionais quanto pensamos?
Qual é o meu Perfil de Investidor? Descubra e invista com segurança

Conscientizar para investir

O consumo consciente pode mudar sua vida e impactar positivamente em seu orçamento. 

Isso ocorre, pois, ele ajuda a reduzir gastos desnecessários, aumentar seu poder de poupança para iniciar ou aumentar sua carteira de investimentos. Esse é o primeiro passo para se alcançar sonhos e objetivos, além de garantir um futuro melhor para você e para o planeta.

E, por falar em orçamento, continue acompanhando o blog da Sacre que, no próximo artigo, vou abordar o tema: orçamento familiar, o qual vai te ajudar a planejar melhor os gastos da casa de forma simples e objetiva. E não se esqueça:

“Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo”

Mahatma Gandhi

Até mais!