Como funciona o Consórcio Imobiliário

Como funciona o Consórcio Imobiliário
Uma forma programada para comprar a tão sonhada casa própria: saiba como funciona o consórcio imobiliário neste artigo.

Nesse artigo, vamos falar um pouco da história do consórcio, como e quando surgiu o consórcio, como é feita a regulação, e aprofundar para entender como funciona o Consórcio Imobiliário.

Consórcio é uma palavra latina que significa “parceria”, “associação” ou “sociedade”, segundo a Wikipédia, e deriva de “consors”, “parceiro”, e é formada por con-“junto” e sores “destino”, significando proprietário de meios ou companheiro.

História, Regulação e Fiscalização do mercado de Consórcios

Em 1962, surge no Brasil o consórcio para a aquisição de veículos, sendo constituído por funcionários do Banco do Brasil. Acompanhando o crescimento da indústria automobilística, o sistema foi se multiplicando com a denominação de “consórcio de veículos”, através de entidades e/ou associações de classe.

Após estes anos, o sistema evoluiu muito e, hoje, podemos adquirir cotas de consórcio de vários tipos de bens, tais como: motocicletas, imóveis, aparelhos eletrônicos, tratores, máquinas, automóveis, caminhões etc., segundo a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio.

A regulação de consórcios é de responsabilidade do Banco Central do Brasil, bem como a normatização, fiscalização, autorização, supervisão e controle das atividades. Tal regulação é amparada pela Lei 11795 de 08/10/2018, que trata do sistema de Consórcios.

Características e abrangência do setor de Consórcios

Dentre as principais características (ou modalidades) de consórcios estão: consórcio sem juros, parcelamento integral, variedade de prazos e parcelas, poder de compra do bem à vista, possibilidade de acelerar o crédito por meio de lances, flexibilidade para utilização do crédito, incentivo à disciplina financeira.

Diversos bens e serviços podem ser contemplados por meio de consórcios. Estes incluem, por exemplo, veículos, motos, aeronaves, barcos, lanchas, jet-ski, maquinas e equipamentos, bens imóveis construídos, na planta, terreno e serviços (pequenas reformas, cursos, viagens, tratamentos dentários, tratamentos estéticos etc).

Neste artigo, nos aprofundaremos nas características de Consórcios Imobiliários, ou Consórcio de Bens Imóveis.

Como funciona o Consórcio Imobiliário

Com esta modalidade podem ser adquiridos diversos tipos de bens imóveis. Dentre eles, estão: imóveis novos, usados, residenciais, comerciais, na planta, terrenos, construção de imóveis e, em algumas administradoras, imóveis rurais.

Normalmente, os participantes podem acessar o imóvel através de sorteio, mas também é possível acelerar a contemplação através de lances próprios.

Recentemente, foi disponibilizado ao mercado um grupo de consórcio chamado PONTUAL. Neste grupo, o participante pode planejar a contemplação sem ter que concorrer com os demais membros do grupo, ou seja, com uma antecipação de 40% das parcelas do plano, pode-se solicitar a contemplação.

Essa nova modalidade com certeza fará com que o consórcio se torne ainda mais viável e vantajoso.

A fim de garantir a liquidez do grupo no caso de sinistro envolvendo os participantes, as administradoras de consórcio cobram taxas de administração e seguros.

Além disso, algumas administradoras possuem na composição de custos o Fundo de Reserva, que visa constituir um volume financeiro para cobrir eventuais inadimplentes dentro dos grupos.

Não há exigência de entrada para aderir a um plano de consórcio – somente os pagamentos mensais das parcelas definidas de acordo com a escolha do valor da carta de crédito que será utilizada.

Mais um atrativo para os interessados na aquisição de consórcios é a possibilidade de utilização do FGTS, tanto para compor o lance próprio quanto para abater saldo devedor. As regras para utilização são as mesmas divulgadas pela Caixa Econômica Federal para financiamentos imobiliários.

Geralmente, as administradoras não exigem comprovação de renda para adesão a um plano de consórcio. Também é importante frisar que não há cobrança de juros dos participantes de consórcios imobiliários.

Sacre Assessoria de Crédito - como tomar crédito no Sacre

Como fazer um consórcio ideal

Para a tomada de decisão sobre optar por consórcio imobiliário ou financiamento imobiliário, é necessário avaliar alguns aspectos importantes: o prazo desejado para acesso ao bem, se há disponibilidade de recursos próprios (caso o cliente queira acelerar o acesso ao bem desejado), se o imóvel em questão está sem ônus e com documentação regular, e também a documentação do vendedor.

Aqui na Sacre, estamos à disposição para buscar as melhores opções de consórcio que se enquadrem na sua necessidade, oferecendo assessoria para você tomar a decisão correta.

Através de parceiros podemos também trazer segurança documental, de forma que não haja surpresas pós contemplação com documentação, custos, etc.

Venha conosco entender como funciona essa excelente ferramenta de poupança em grupo! Entre em contato pelo formulário abaixo e conte com a Assessoria de Crédito da Sacre!

Fontes de referência: Wikipédia, Site Banco central do Brasil, site Associação Brasileira das administradoras de consórcio

Share:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Most Popular

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.

Categories

On Key

Related Posts

Curso Start – Os primeiros passos nos Investimentos

O Start é um curso para quem busca dar os primeiros passos no mundo dos investimentos. Aqui o futuro investidor, encontrará as respostas certas para as suas dúvidas, e sentir segurança para começar a colocar o dinheiro trabalhar.